Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2010

Fotografias do lançamento de Primavera Adiada

Imagem
Seguem-se algumas fotografias captadas aquando do lançamento de Primavera Adiada. Alguma reclamação relativamente à qualidade das ditas, deve ser encaminhada para a minha filha Ana. Ah, e a máquina é boa.
Marcelo Teixeira, o meu editor desde o primeiro livro, a discursar. Depois está este vosso amigo, a meditar no que iria dizer a seguir; a seu lado Mário Zambujal e Susana Santos, a muito competente e simpática relações públicas do El Corte Inglés.

Panorâmica pouco esclarecedora da sala
O autor em pleno devaneio histórico e tremido, mas na foto - foi a melhor que encontrei 


O autor e o Convidado.  E que grande honra me deu o Mário ao aceitar fazer a apresentação deste Primavera Adiada - e que bem o fez, mas isso sem surpresa.

À volta dos Livros com Primavera Adiada

À volta da Primavera Adiada na Antena 1, com Ana Aranha. O programa foi emitido a 25 deste mês de Janeiro.


http://ww1.rtp.pt/multimedia/index.php?prog=2499

Sic Notícias - Comentando as notícias do dia

Já se encontra no Youtube a gravação da minha participação na Edição da Manhã da SIC Notícias do dia 25 do corrente mês. Aqui fica a ligação rápida.

http://www.youtube.com/watch?v=xBESKBLhl24

As tardes sem a Júlia e a Primavera Adiada

Um pedaço de tarde passado com Cristina Ferreira na TVI, por causa da Primavera Adiada.



http://195.23.58.155:8080/streamtv/2010/01/WMS_RM_FILTER/28601604.wmv

Primavera Adiada e o CM

Imagem
Notícia do CM de hoje relativa ao lançamento de
Primavera Adiada

Primavera Adiada

O lançamento não se pode adiar mais: é hoje.

Lançamento de Primavera Adiada

Imagem
Os convites - bonitos como se pode ver - foram entregues; os dados estão lançados. Agora é só esperar que o tempo passe, a sala encha e o livro tenha a projecção que se pretende e já agora, que merece.

Iniciativas de promoção previstas:
- SIC - Edição da Manhã - dia 25;
- Antena 1 - À Volta dos Livros - dia 25;
- Jornal i na edição de dia 26, entrevista com o autor;
- El Corte Inglés - Lançamento dia 26, ao fim da tarde;
- TVI - com Júlia Pinheiro, dia 27, entre as 14 e as 15 horas.

- Ufff... Actividade não falta.

Surpresa...

Enviaram-me esta hiperligação. Experimentem...




http://www.diariodigital.pt/news.asp?section_id=188&id_news=431339




                                                    Ah pois!...

Primavera Adiada nas estantes

Imagem
Finalmente, aí está a Primavera Adiada. Já se vai vendo. Mais uns dias e estará em todos os postos de venda - assim se quer.
Estive ontem na Oficina do Livro a autografar exemplares de Primavera Adiada para serem oferecidos ao pessoal da comunicação social.

Fiquei a saber que a segunda edição de Estranha Forma de Vida está esgotada e que devemos caminhar para uma terceira. O mesmo poderá acontecer com O Homem da Carbonária, cujos últimos exemplares acompanharam a Primavera Adiada na distribuição.
Para já, longa vida e altos voos a Primavera Adiada.










Fotografia captada numa grande superfície de Oeiras.

Ai de Ti

Imagem
AFP
Quando Deus já não existe e a ciência ainda não O
consegue substituir, os homens sofrem

As leis têm alçapões?

Imagem
Carlos Anjos, inspector da PJ e presidente da ASFIC, associação sindical dos investigadores criminais da Polícia Judiciária, deu uma entrevista ao Correio da Manhã e ao Rádio Clube. De tudo quanto foi dito, a comunicação social fez alarido de uma frase: «Ninguém é preso em Portugal por corrupção.»
Não me espanta que tal fosse afirmado, espanta-me sim a repercussão que teve a frase, dada a evidência da situação. Fui ler a entrevista e gostei das questões levantadas, da sobriedade e da ousadia das respostas.
Transcrevo o que se diz a dado passo, a propósito da qualidade das leis portuguesas.

P. - São mal feitas à partida?
R. - Sai logo coxa do legislador. E quando chega ao Parlamento perde-se muita coisa. Perdem-se vírgulas ou põem-se vírgulas a mais e depois criam-se alçapões nas leis.
P. - Porquê?
R. - Eu tenho a minha ideia. Há erros tão crassos e há erros tão óbvios que não pode ser incompetência.
P. - Será o quê?
R. - Má-fé, não sei.

(Entrevista concedida a António Ribeiro Ferreira d…

Korda à tarde, Adriana Miki à noite

Imagem
Sexta-feira: ao fim da tarde Korda e fotografia, à noite Adriana Miki e jazz.

Na Cordoaria, em Lisboa, está patente uma mostra de Alberto Korda, o fotógrafo cubano que acompanhou de perto as principais figuras políticas do seu país no pós-revolução. Ficou célebre devido à fotografia que fez de Che Guevara, que ainda hoje é a mais reproduzida de sempre. Mas antes da vitória dos «Barbudos da Sierra Maestra», já Korda existia como fotógrafo, particularmente de moda. Foi esta a fase da carreira do artista de que mais gostei. Magníficas imagens de belas mulheres, sedutoras, ousadas mesmo, tendo em conta o tempo - meados dos anos cinquenta. Da fase que se seguiu à revolução proliferam as fardas, as paradas militares, os comícios, os heróis, e não gostei tanto - independentemente da qualidade técnica e estética, que não está em causa, soa a mais do mesmo.

Pertencendo a este período, gostei imenso de algumas fotos de crianças e outras tantas de mulheres, igualmente bonitas, mas mais recatadas…

Ano Novo, Livro Novo - A Primavera Adiada cumpre-se

Imagem
Bom, este exemplar já cá canta; muitos outros cantarão nas livrarias dentro de dias.
O lançamento será lá mais para o fim do mês.

A pomba, o donuts e a bomba atómica

Um pequeno filme de animação, rigorosamente a não perder.

http://www.flixxy.com/pigeon-impossible-animated-short-film.htm

Tango no Varão

Para quem gosta de tango, ainda que no varão, não hesite:

http://www.youtube.com/watch?v=UWxcVyBRecE

Grande Concerto de Ano Novo

Imagem
Foi prenda de Natal e por isso tive oportunidade de ficar mais à frente na plateia. Não é hábito ver os pés-de-galinha de quem está no palco, mas desta vez aconteceu. Foi no Coliseu de Lisboa, no fim de tarde do segundo dia deste novo ano. E desde já vos digo que foi uma bela prenda; 2 horas de música alegre de Johann Strauss, com a excepção da peça, belíssima por sinal, de Haydn, que terminou a primeira parte. Como se precisasse, aqui e ali, a música foi enriquecida por uma soprano ucraniana, Tamara Khodiakova, e pelo Strauss Ballet Ensemble, que nos fez voar com os seus passes e as roupas vaporosas das senhoras, para os chiques salões da Viena do século XIX. A Strauss Philharmonic Orchestra, dirigida por Piotr Vandilovsky, preencheu, e bem, todos os minutos que durou o concerto, com uma actuação muito sólida, competente, de autênticos especialistas em Strauss como o são os seus elementos; mas sempre com óptima disposição e até com alguns pormenores de bom humor.
É certo que não teve …

Dia Mundial da Paz

Imagem
Abutres num telhado de João Landim, Guiné-Bissau, à espera do almoço

O que é que os abutres têm a ver com a paz? Nada, claro. E o que é que a pomba branca
tem a ver com este tempo? Um 2010 com predominância de pombas
brancas é a utopia para o ano que hoje começa.