Mais um dos Coen - «Indomável»

  
Agora que os Óscares já passaram e «Indomável» não ganhou nenhum dos 10 para que estava nomeado - foi mesmo o derrotado da noite -, digo que para mim foi uma agradável surpresa. Gosto dos manos Coen, sempre gostei. Porém, sendo muito bom o que fazem, dentro do universo cinéfilo, há que reconhecer que têm vindo a perder força nos últimos filmes. E aqui incluo «Este País não é para Velhos», que ganhou Óscares importantes. Não se pode fazer um «Fargo» quando se quer e eu compreendo. Por tudo isto, não fui ao El Corte Inglés com grande entusiasmo. Era mais um dos Coen, ok!... Quando o filme terminou, porém, saí consolado e com um sorriso espetado nos lábios. Acabara de ver um western do mais clássico que eu conheço. Regressara por hora e meia ao cinema paraíso da minha infância e adolescência, onde me deliciei com tantos e tantos filmes sobre o velho oeste. Este «Indomável» além do mais, tem essa capacidade de misturar a violência com sentido - típica dos Coen -, com o humor que também os caracteriza, transformando o seu visionamento num misto de emoção e suspense, mas com intermitências de muito boa disposição. Um belo filme.  

Mensagens populares deste blogue

Na Vertigem da Traição IV