Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2017

Pedro e o Capitão

Imagem
você está aqui: início » 2016 ~ 2017 » pedro e o capitão contactos AA pt|en TEATRO 23 JUN - 2 JUL PEDRO E O CAPITÃO DE MÁRIO BENEDETTI; ENCENAÇÃO MARTA CARREIRAS E ROMEU COSTA SALA MÁRIO VIEGAS Quarta a sábado, 21h; domingo 17h30

«Na Vertigem da Traição» de Carlos Ademar

Imagem

Na Vertigem da Traição - promo

Aqui fica um belo trabalho da Parsifal de promoção de
Na Vertigem da Traição

Amália canta com a sua mãe

São apenas 40 segundos, mas é um documento histórico.



Uma raridade! Amália a cantar com a sua mãe | 1001 TopVideos: Amália e sua mãe, Dona Lucinda, cantam Milho Grosso.

Os cinco erros mais comuns do português começados por 'f'

Bom, entram em linha de conta com o novo acordo ortográfico



Os cinco erros mais comuns do português começados por 'f': FEBRE-AMARELA...e não febre amarela.

Na Vertigem da Traição - as primeiras entrevistas

Imagem
Hoje, com muito calor, na Praça Amarela da Feira do Livro de Lisboa, para gravar com Ana Daniela Soares para o «Todas as Palavras», da RTP3, e para o «À Volta dos Livros», da Antena1. Só serão transmitidas em Julho, quando o livro estiver no mercado. É sempre um prazer ser entrevistado por alguém que faz o trabalho de casa, ou seja, lê os livros.


Francisco Martins Rodrigues sobre Manuel Domingues

Um texto longo, mas que vale bem os minutos que leva a ler. É de 1997, mas só hoje o conheci. Contém algumas imprecisões, que resultam de o autor não conhecer o processo que correu na PJ aquando do crime de que foi vítima Manuel Domingues. Ainda assim, é muito interessante particularmente pela desmontagem arrasadora que FMR faz dos documentos emitidos pelo PCP após o crime, que procuravam incriminar MD. Aqui fica:   

Manuel Domingues, espião titista? por Francisco Martins Rodrigues
Fonte: https://franciscomartinsrodrigues.wordpress.com/2017/04/28/manuel­domingues­espiao­titista/
(Elementos de história do PCP e da resistência antifascista) Passado quase meio século, muito pouco se sabe acerca da execução sumária do dirigente do PCP Manuel Domingues, acusado de estar ao serviço da PIDE. Talvez o clima da “guerra fria” dê pistas para a solução do mistério. Em 5 de Maio de 1951, a imprensa noticiava o aparecimento num pinhal de Belas, nos arredores de Lisboa, do cadáver dum homem, assassinado…