Jogo de Damas - o bom cinema português


Primeira longa-metragem da realizadora portuguesa Patrícia Sequeira ( nome a ter em conta), tem as interpretações de Ana Nave, Ana Padrão, Fátima Belo, Maria João Luís e Rita Blanco

Uma agradabilíssima surpresa, confesso. Cedi às pressões familiares para ir ver, fui contrariado, mas ainda bem que fui. Confesso igualmente que no início temi ter razão em não querer à primeira alinhar nos desejos femininos familiares, devido a uma boa meia dúzia de frases feitas, a puxar ao poético forçado, mas depois o enredo começou a desenvolver-se, os talentos das actrizes a emergir e, caros amigos, saí completamente rendido. Belo filme, belíssimas interpretações, uma história e realização com laivos bergmanianos, mas com momentos de bom humor. Inevitavelmente, a trama traz-nos à memória os «Amigos de Alex», mas as personagens e a história são bem portuguesas e adultas. Gostei e recomendo vivamente. Dá gosto ver cinema português com esta qualidade.   

Mensagens populares deste blogue

Na Vertigem da Traição IV

Salvador Sobral - Amar Pelos Dois - Esqueçam lá o estigma do Festival da Canção