sábado, 26 de maio de 2012

O Eurofestival que eu gosto - Buranovskiye Babushki



Há muitos anos que não via o Euro-Festival da Canção. O inglês e a batida de discoteca fizeram-me mudar de canal muitas vezes. Este ano, contudo, depois da paupérrima exibição da seleção contra a poderosíssima Macedónia, resolvi abrir uma garrafa de verde branco que, com umas amêijoas à Bulhão Pato, me ajudou a esquecer São Bento e seus muchachos. Começou o festival ainda a garrafa não chegara a meio e eis senão quando, logo no princípio - são muitas canções -, apareceram umas senhoras a representar a Rússia que me encantaram. Nesta altura ainda vai na 24ª canção, mas para mim já ganharam. Comoveram-me, é o que posso dizer. Este devia ser o espírito de um evento como o Euro-Festival da canção, cada país apresentar-se com o que tem de seu. Acho eu. O festival está a terminar e o verde também. Mas se não viram as senhoras russas, não percam, são magníficas.