domingo, 25 de janeiro de 2015

Zorbas Syrtaki




Não concordo com extremismos, mas fiquei feliz com o nervoso miudinho que se foi acumulando e manifestando em certas franjas do poder europeu, dada a possibilidade de haver mudanças drásticas na Grécia com as eleições de hoje. Um murro na mesa desta Europa dos poderosos, com reflexos directos nas trombas da Dona Adolfa, precisa-se. Urgentemente!