Ciclo de cinema de Manuel Guimarães, em Alenquer

Ao longo de todo este mês de Janeiro, na Biblioteca Municipal de Alenquer decorrerá um ciclo de cinema dedicado a Manuel Guimarães. Todas as sextas-feiras vamos ter um filme e no dia 28, uma mesa redonda sobre o realizador e a sua obra. Hoje passou «Saltimbancos», de 1952, com Artur Semedo; dia 14 passará «O Trigo e o Joio», baseado na obra homónima de Fernando Namora, e a 21 é a vez de «Nazaré».
É este um cinema votado ao esquecimento nos dias de hoje, porque se enquadra numa estética que está, infelizmente, completamente fora de moda, o neo-realismo. Surge como alternativa às tradicionais comédias, e vai abrir caminho ao chamado «cinema novo», que terá o seu ponto alto nos anos 60.
Se estão por perto e gostam de bom cinema não faltem, até porque, meus amigos, é à borla.

Cartaz de «Saltimbancos»

Mensagens populares deste blogue

Na Vertigem da Traição IV