Por uma república séria in Chalet das Cotovias


Recupero esta passagem do «Chalet das Cotovias» que o amigo Miguel Borges postou na minha página do Facebook.


Tempos de outro tempo. Cada vez mais o nosso tempo...

«...como bom republicano que se considerava, acreditava na justiça social, na criação de riqueza por parte do Estado através dos impostos, e na redistribuição desses fundos por quem mais deles precisava. (...) na justiça social a igualdade impera. Todos contribuem em função dos seus rendimentos e recebe quem mais precisa. Tudo a funcionar em plena harmonia social fomentada pelo espírito de cidadania que a todos tocaria. Mas só uma república séria seria capaz de pôr em prática uma política dessas.» 

Carlos Ademar in O Chalet das Cotovias.

Mensagens populares deste blogue

Na Vertigem da Traição IV