Libertação dos presos políticos



No início da madrugada de 27 de Abril de 1974, após tensas negociações no seio dos militares revoltosos e pressão exercida por parte dos próprios presos políticos, eis que as portas das prisões se abriam e os homens e as mulheres, que estavam detidos por se recusarem a aceitar a ditadura, a guerra e o atraso da sociedade portuguesa, saíram em liberdade para que o dia «inicial, inteiro e limpo» se cumprisse. 

Mensagens populares deste blogue

Na Vertigem da Traição IV