segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Em noite de Super-Lua, fiquem com esta de Víctor Melo

Depois desta Super-Lua, com todo este detalhe, mais os detalhes que a circundam, que fazem a grande diferença, juro perante os meus leitores (a jura suprema para alguém que escreve - fujo da palavra escritor como o Diabo da cruz) que jamais voltarei a fotografar a Lua, e como gosto de o fazer. Grande Víctor Melo, parabéns - um artista que, não tenho dúvidas, ainda muito vamos ouvir falar.