quarta-feira, 12 de abril de 2017

No Limite da Dor na Biblioteca José Saramago, em Loures


Na Biblioteca Municipal José Saramago, em Loures, na 6ª feira passada, dia 7. Com sala cheia, o livro No Limite da Dor como pretexto para mais uma conversa sobre a ditadura Salazarista/Caetanista e o seu aparelho repressivo, com uma das muitas vítimas directas, José Pedro Soares, a usar da palavra, e as vítimas indirectas Ana Aranha e o Marcelo Teixeira, das Edições Parsifal, além deste Vosso amigo. Não há muitas sessões deste tipo que se iniciem pouco depois das 21h00 e terminem perto da meia-noite – sem intervalo.