sábado, 8 de junho de 2013

Micro conto policial

Era uma vez um gajo que gostava tanto, tanto, tanto de gajas, que um dia comeu uma. 
Era uma vez um detective que gostava tanto, tanto, tanto do que fazia, que um dia fez o gajo.