Duarte Mendes, Madrugada e Pedro Osório

Eu tinha 15 anos e gostava do Festival da Canção porque era, verdadeiramente, um acontecimento mediático. Lembro-me, a propósito desta bela canção vencedora em 1975, que se discutia se o cantor, oficial do exército e elemento do MFA, devia ir à Eurovisão envergando o seu uniforme militar. As coisas que se discutiam... Não foi e bem, mas Duarte Mendes e Pedro Osório, o maestro, não se esqueceram do cravo vermelho.

Mensagens populares deste blogue

Na Vertigem da Traição IV