5ª feira de espiga

Encontrei-a perdida - à fotografia - no Facebook, na página do Vasco Horta e não resisti a transportá-la para aqui - à fotografia. Acho interessante mantermos as tradições, particularmente aquelas que não prejudicam ninguém, como seja apanhar umas simples espigas e, já agora, uma papoila pela beleza do colorido e prender tudo em molho na traseira da porta. Dá sorte, afasta o mau-olhado e dizem os mais crentes que até o FMI. Há que saber renovar as tradições, para que não se percam e assim, estou certo, não se perdem. Vamos à espiga? Bora!

Mensagens populares deste blogue

Na Vertigem da Traição IV