A Voz das Vítimas no Aljube

A exposição “A Voz das Vítimas”, na antiga cadeia do Aljube, ao lado da Sé de Lisboa, iniciativa do IHC Universidade Nova de Lisboa, Fundação Mário Soares e Movimento Cívico Não Apaguem a Memória (NAM), aberta ao público desde 14 de Abril e até 5 de Outubro, todos os dias, das 10 às 18h, excepto às 2ªs feiras. Tem visitas guiadas às 15h de todas as 3ª f e debates, apresentações de filmes ou outros eventos, às 17h de todas as 5ª feiras, com a participação de historiadores, investigadores, sociólogos ou participantes da luta anti-fascista.
Amanhã, 16 de Junho, às 17h na sala de debates da Expo do Aljube, o historiador Luís Farinha fará uma dissertação sobre o tema “Tribunais políticos”, seguido de debate.
A 18 de Junho, às 15 h, será apresentado o filme “Tarrafal - Memórias do Campo da Morte Lenta” de Diana Andringa, com a sua presença.
Para estar informado sobre as iniciativas ir a http://www.avozdasvitimas.net/ e procurar em “Iniciativas”

Mensagens populares deste blogue

Na Vertigem da Traição IV