A Madeira não perde beleza com a crise

Cerimoniosa, a capital vestiu-se de luz para nos receber
   
Na manhã seguinte, o Funchal espreitava e via-nos junto ao 
Cristo Rei de Garajau
E quando tinham todas as condições para fazer uma coisa em
grande, estragaram tudo. Alguém consegue ver a Fortaleza
de S. João Baptista, em Machico, a primeira construção
portuguesa por estas bandas? Mamarracho para
rentabilizar o espaço, espaço destruído.
Foi assim mais uma vez... infelizmente.


As casas típicas de Santana. É para turista ver,
mas ficam muito bem.

Do Pico das Pedras, através da neblina,
Santana e o mar

A neblina parecia nascer entre os picos mais altos e estes ficavam estáticos como bons picos que são, a vê-la cirandar em seu redor, subindo e descendo, rodopiando, acariciando, desaparecendo para logo regressar. Era o fabuloso baile da neblina no Pico das Pedras.

Mensagens populares deste blogue

Na Vertigem da Traição IV