A base de dados de vestígios biológicos deu à luz - 2 anos depois.

Fogo-de-artifício, chamem palhaços, acrobatas, a mulher barbuda, os homens que cospem fogo, venham todos para as ruas festejar: a base de dados de vestígios biológicos deu à luz.
Dois anos depois de estar em funcionamento, é verdade, mas mais vale tarde do que nunca. E agora que aprendeu o caminho do sucesso é sempre a andar. Pudera, já tem inseridos… 400 perfis de criminosos e «alguns de voluntários», upsss... que fartura? 400... isso é que tem sido produzir.

Não alterem a lei que não é preciso - mas não comecem pela lei da Base, mas pela da Comissão Nacional de Protecção de Dados. Agora que estamos em tempo de grandes cortes, cortem nos poderes desses senhores. Todos ganharíamos. Talvez assim, quando se completarem 2 anos sobre estas alterações, não tenhamos que vir para a comunicação social festejar um sucesso da base de dados.

Mensagens populares deste blogue

Na Vertigem da Traição IV